domingo, 1 de agosto de 2010

Uma nota de esclarecimento

Olá galera :D

Então, resolvi escrever um post dedicado a voces pessoas que entram aqui sempre, que tem feito o meu contador do blog crescer cada vezs mais.

Gostaria de dizer que agradeço MUITO a visita de vocês aqui. Eu sinto muito por não poder aparecer no blog, site, tumblr, twitter ou sei la o que de vocês, mas é que a minha vidinha de universitaria anda beeem corridinha haha!

Mas fica aqui a promessa que muito em breve eu prometo tentar acompanhar as ideias de pelo menos boa parte de vocês, sendo conhecidos ou não.

Deixem suas coisas por aqui, que eu prometo que assim que puder estarei dando uma olhada. (((: Beijos e obrigada novamente!

sábado, 31 de julho de 2010

Abraços

Parecem que se passaram anos desde a ultima vez que eu te vi.

Seus olhos não são de quem eu conheci anos atrás.
Ainda não consigo te olhar de verdade

Me pergunto quando viramos completos estranhos um para o outro.

sexta-feira, 30 de julho de 2010




Hold me like before
Hold me like you used to
Control me like you used to



No
You don't move me anymore
And I'm glad that you don't
'cause I can't have you anymore
But I thought you should know
You don't move me anymore
And I'm glad that you don't
Because I can't take it anymore
Você marcou mais na minha pele do que as tatuagens que você carrega no braço.

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Distância


Penso que distância não é algo que se mede. É algo relativo, onde tudo depende. Percebi isso nessa ultima semana, onde esse fator me atingiu de três diferentes formas.

Existe a distância que te separa de quem você gosta. Essa que ao mesmo tempo que te faz rir sozinha quando você não quer. Talvez seja essa uma que possa ser medida em metros. Não, pera. Essa aqui parece que é o dobro, o triplo, o infinito de qualquer coisa que uma fita métrica possa medir. Distância que seu coração cria e que se soma a quilometragem de um interubano.


Outra é a que é criada. Ela não existia, mas de repente vira um rombo, um oceano no meio da história. Mas vale lembrar que pra isso existem pontes e navios, que nada mais são do que ligações espontâneas no meio da tarde onde tudo é posto em panos limpos.

E a pior de todas é a que machuca. A distância que quando você acorda você percebe que nem se você correr muito ela vai diminuir. É algo que por mais que você se esforce, nunca vai alcançar.

Só que o fato é que, pra essa ultima, eu não faço a menor questão de fazer com que ela fique menor.
Because neither one of us can know how long this love will last
So stay up in bed with me
Stay up and play with me all day and night

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Existe coisa melhor do que você ver as roupas esparramadas de quem você ama pela casa?

Já estou com saudades, e olha que você tá estacionado ali no portão.

Na madrugada de ontem eu me encontrei no lugar onde eu vi que nunca mais ia conseguir te amar de novo.
Me cortou a garganta, secou a minha boca e não consegui dormir mais até que fosse de manhã.

Quando cheguei em casa, precisei olhar as nossas fotos. Não me lembro quando foi a ultima vez que vi o seu rosto e consegui olhar de verdade. E se você olhasse pra elas, ia ver o quão claro é a divisão da nossa historia.

As vezes me pergunto se sinto sua falta, mas ai eu percebo que nem sequer lembro do seu aniversario. Alias, eu nunca lembrei.

sexta-feira, 9 de julho de 2010



Não posto aqui tem uma data. Escrevendo aqui rapidinho só pra dizer que finalmente o Ndesign chegou.

Muito frio, cachaça, putaria e design pra mim, beijossss.

domingo, 27 de junho de 2010



I thought i was a fool for no one
But, ooh, baby, I'm a fool for you

quinta-feira, 24 de junho de 2010


Gosto de você.

E quando digo isso em voz alta, as palavras me estrangulam e eu não consigo sentir mais nada.

quarta-feira, 23 de junho de 2010

D.


"Quando nasci, um anjo torto, desses que vivem na sombra disse: Vai, Carlos! Ser gauche na vida..."

Acabei de entrar no formspring e lá recebi um elogio anônimo um tanto quanto peculiar.


'Cara, seu blog é mt legal, tipo: é bom saber que tem alguém que se encaixa menos do q eu no mundo e não gosta disso.'

Veja bem que eu nunca tinha pensado nisso de verdade.

É certo que sim, eu realmente tenho consciência de que eu não sou uma daquelas pessoas que se encaixa no mundo. Não sou bonita, não malho, tenho um humor extremamente variavel, só ando com gente esquisita, só gosto de filme de menino, faço um curso que as pessoas geralmente não sabem do que se trata e tenho três dedos do pé do mesmo tamanho, dentre outras atrocidades.

Mas veja bem, nunca tinha parado pra pensar de VERDADE nisso. Pensando de frente pro espelho (faço sempre), vejo que na verdade o conceito de 'encaixe' no mundo é completamente falso. Você se encaixa no mundo?


Devo adimitir que não sei pra qual publico eu escrevo. Vejo o contadorzeenho ali embaixo crescendo a cada dia mas isso não faz eu saber quem é que tá ai do outro lado. Mas pense em você, que tá ai sentado na sua cadeira ou deitado na sua cama. Você pode ser um cara malhado, uma mulher gostosa. Ser rico, ser o 'american way of life' in persona, mas isso faz com que você esteja devidamente encaixado no mundo? Você pode ter a sua galera que te adora, sua familia que te suporta e seu cachorro que te ama, mas isso faz com que sua vida seja uma peça perfeita no quebra-cabeça planetário em que vivemos?

Pra mim, sinceramente, a vida é um grande desencaixe.

Então, agora, sem querer ser ingrata com o elogio que recebi, mas acho que você se enganou um pouco. Na realidade, o fator de não caber nesse esquema todo não me desagrada. Na verdade me faz bem. A minha noção de não enquadramento nesse mundo faz com que a vida me pareça menos chata.

O meu proprio gauchismo faz com que a vida seja pintada com mais tons do que a vida dos que se sentem devidamente parte de um todo.

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Arte


Arte está nos olhos de quem vê, nos olhos de quem quer ver.

Não vejo arte nos meus olhos

domingo, 20 de junho de 2010

Nota mental

Eu preciso aprender a dançar, principalmente aquelas danças de ficar juntinho, com o rosto colado. Aquelas que dá pra sentir a respiração de perto.
Principalmente quando tá bem frio e o coraçãozinho bem acelerado.

Ai eu não preciso dizer 'não' quando é mais que claro que deveria ser um 'sim'.

sábado, 12 de junho de 2010


Deveria dizer aqui que não acredito no amor, mas a verdade é que ele que não acredita em mim.

segunda-feira, 31 de maio de 2010

sem titulo

Você puxa papo
Eu respondo
Você me chama pra sair
Eu uso óculos de maracuja
Você usa sapatos de paquera
Eu te levo pro lado de fora
Você me deixa na ponta dos pés
Eu te beijo no escuro

Você me liga no meio da noite
Eu fico a semana na saudade
Você é diferente
Eu sonho
Você me chama pra sair
Eu mato aula por umas horas na livraria
Você desenha na minha pele
Eu leio a sua

Você ve um futuro
Eu vejo problemas
Você me liga no meio da tarde
Eu digo que não
Você me fala que podia da certo
Eu sei que não

Você some
Eu apareço
Você me ignora
Eu deixo
Você realmente apareceu
Eu não posso fugir de você

Você me manda uma mensagem de celular
Eu respondo
Você responde
Eu não entendo
E ficamos por aqui

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Hoje não estou afim de fazer rir, de fazer poesia ou falar bonito. Queria só comentar sobre uma noticia que eu acabei de receber.

Entrei no carro, depois de um dia otimo de UnB e vou buscar o meu irmão. Beleza. Meu pai pergunta pra ele 'Já desligaram o menino?' e meu irmão responde que sim. Desligar o menino significava desligar os aparelhos. Hoje um amigo do meu irmão morreu.

Sabe o que é muito curioso nessa historia? A um tempo atrás eu comentei que meu irmão tinha um amigo que era a cara do Jason Stathan. Poisé. Mais um que entra na minha lista de pessoas que se foram antes deu conhecer. São nessas horas que você percebe que a vida é muito estranha.

Era só isso que eu queria escrever mesmo.

terça-feira, 18 de maio de 2010

Aquele esquema de primeiras impressões

Quando voce nasce diferente, certas coisas são diferentes (oi, durt). Eu sei que é idiota começar um texto com um pleonasmo retardado desses, mas é uma verdade muito classica. Eu nasci diferente, não apenas por ser caçula gemea de pais muito velhos e com irmaos que podiam ser seus pais. Não é isso. Eu nasci diferente porque de alguma forma eu tenho uma forma peculiar de ser e existir no mundo, aquele lance de alternatividade.

Pois bem, quando voce nasce assim, diferente (porque isso pra mim é algo que transcede criação. Eu tenho um irmão gemeo playboy que escuta sertanejo e eu sou exatamente o oposto.)voce acaba se livrando de certos preconceitos. Mas hoje eu quero escrever sobre um só, o preconceito de primeira impressão.

Tenho muita raiva daquele ditado 'primeira impressão é a que fica'. Acho esse ditado coisa de gente preguiçosa que não ta afim de se abrir a novas ideias. Não to falando que não tenho primeiras impressões das coisas, mas sou entusiasta de abrir a mente. E lately tem acontecido cousas muito peculiares relacionadas a isso.

Uma dessas coisas foi a miha viagem pra chapada. TODOS, DIGO TOOODOS sabem que eu esperava que essa viagem ia ser um coo muito tenso. E por mais improvavel que isso pareça, essa foi uma das viagens mais bacanas que eu fiz. SIM, EU, GAROTEENHA DA CIDADE ME DIVERTINDO HORRORES NO MEIO DO MATO. Abri a mente e segui o 'ta na chuva é pra se molhar' e entrei de cabeça na tempestade. Mal posso esperar por outra dessas, sinceramente.

Outro causo rolou comigo hoje.

Quando eu entrei na UnB, eu conheci alguem que na minha cabeça era a pessoa mais antipatica do mundo. Tava sempre fechada, fazendo a egipcia, sem querer se enturmar com ninguem. Só que hoje pareci que o mundo tinha entrado em colapso. Hoje eu descobri um sorriso sincero escondido debaixo das minhas idéias. O sorriso dela, que me prendeu, me encarou e me fez querer sorrir de volta, de querer estar por perto.

E putz, que sorriso.

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Hoje eu to me sentindo tão frustrada que nem pra rir da minha própria cara eu to com animo. Fisica, coé desse lance que você tem comigo? Eu já não aguento mais.

sexta-feira, 14 de maio de 2010

First impressions of earth

Como ja diz o ditado, ta no inferno, abraça o capeta. Pois bem, viajei. Não consegui escapar da viagem e aqui estou, Mas sei la, nao vou reclamar, porque ta tudo meio que sendo diferente do que eu esperava sabe?






Não to falando que tá as mil maravilhas, entenda. Aqui ta quente, a cidade tem um cheiro muito tenso, to me sentindo suja, minha pele ta uó, só tem casais, eu to com saudades e hoje eu vou prum show de reggae (OI? #PUTAFALTADESACANAGEM)!

Mas ok, lados positivos...






BRINKS. Eu comi uma tapioca otima enquanto ficava assistindo um jogo de basquete dos teenagers daqui. Nisso voce percebe como a vida é muito escrota. Eu aqui, reclamando que vim parar num ovniporto e eles se divertindo jogando um basquete tranquilo de rua. Será que eles iam reclamar de ir parar numa cidade barulhenta e cheia de transito (que nem é tanto assim) como brasilia?




AH, E A COISA MAIS ESTRANHA DAQUI: CADE OS DREAD BRAZEEEEEL? Serio que eu vim pruma cidade hoots pra não ver nenhum cabelo sujo? Vamos esperar pelo show de reggea dessa noite (que vai ser super melhor que a blue porque eu s2s2amomuito reggae) pra ver se muda o cenario. Depois escrevo mais.

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Não quero viajar amanhã.

Quero ficar pra ver algum filme no Cine Brasilia em alguma lingua que eu nao entendo. Sair pra procurar um café, conversar sobre os melhores filmes feitos e discutir quem é o melhor na amarelinha.

Quero poder ficar em Brasília de mimimi.

quarta-feira, 12 de maio de 2010

O amor existe sim.

I found a date through zombie harmony - one of the best free dating sites for zombies
Created by Mingle2.com (Dating for non-zombies)


E eu já encontrei metade do meu, tente você tambem.

Comassim

Cara, eu escrevo um post gigante defendendo a nossa geração ai acontecem os seguintes fatos:

-Meu irmão entra no meu quarto falando preu vender as camisetas dele, porque segundo sua cabeça boa, ele fica frango nelas (elas são todas P)
-Me ligam e ninguem fala nada. Desligam. Logo em seguida recebo a seguinte mensagem : 'Jesus ama vc e ele tem um plano pra sua vida! eh o dia d vc dizer sim p um compromisso de vida eterna. pense nisso e se precisar d ajuda nisso me ligue. Nanda'
-Vou no twitter e vejo o incrivel video abaixo :




Essa é a hora que eu apago o ultimo post? porque acho que isso tudo foi tipo um sinal divino cara

Não deu pra me controlar

Acabei de ler um post no tumblr de uma amiga minha e o que ela escrever me bateu muito na cabeça.

Fuckin wasted generation.

Seriamos nós de fato uma geração perdida? Porque se formos parar pra pensar, somos uma geração tão megalomaniaca e cheia de ostentação que será que não nos perdemos em alguma esquina?

Se você parar pra pensar, nós não somos nada alem do que uma geração movida pela mídia. Ok, sem teorias conspiratórias aqui sobre controle da mente, mas que a verdade seja dita: Somos bombardeados a cada segundo com uma quantidade tão absurda de informações que é dificil sermos certeiros ao escolher uma definição certa para o que somos, gostamos e fazemos. Nossas definições sobre nós mesmos são sempre mutáveis.

Não ta sacando o que eu to dizendo? Ok, então faça o exercicio de se definir. Faça isso nos 140 caracteres amados do twitter.

Impossivel, right? Voce pode tentar dar uma de cult e moderninho e usar algum quote do Leminski ou do Behr ou usar algum trecho de musica, mas mesmo assim eu sei que voce ia querer colocar um bocadinho mais, mostrar que voce conhece e faz um bocadinho mais que isso.



Ok, to fugindo do foco, voltando.

Mas o fato de sermos uma geração movida por excesso de informações não faz com que nos sejamos um epic fail. Usando o exemplo que a minha amiga usou, o projeto ficha limpa. Voce pode me dizer que a maioria das pessoas fez por modismo ou porque nao tinha nada pra fazer e eu nao vou discordar mas veja bem que se voce for levar por esse lado, o que foram os Cara Pintada no Collor, os movimentos contra a ditadura militar, o povo do Fora Arruda e por ai vai? Não é exatamente a MESMA coisa? Em todo movimento existe a galera de fato que se importa, que ta correndo atrás, mas a maioria NÃO liga e NUNCA ligou. É tudo inocente util, massa de manobra.

E cara, assim como toda geração, nós temos um foco diferente. Nesse momento temos liberdade sexual, visual, cultural, religiosa... Hoje eu abertamente posso escrever sobre sexo, usar microsaia e rebolar até o chão sem ser tachada de qualquer coisa. Posso ter um melhor amigo gay que não joga glitter pro ar, ouvir hiphop e ainda ir prum show de skinhead, posso estudar design e ser uma entusiasta política.



Afinal, somos mesmo geração perdida ou será que somos a geração que se encontrou?
Eu to bombando de ideias lately, mas vou postar no findesemana.

Como a maioria bem sabe, sexta eu viajo pro inferno, e escrever vai me ajudar a sobreviver.



(Que tipo de roupa a gente leva pro inferno? Vou de piriguete ou levo um casaco? Nunca se sabe como vai ta o clima por lá)

terça-feira, 11 de maio de 2010

Hoje me apaixonei pelo menino do corredor, que se escondia detrás de palavras e silêncio.

domingo, 9 de maio de 2010

Ui.

Você gosta de falar sobre sexo.

Ok, sei que essa foi uma revelação e tanta pra voce, mas voce sabe que é verdade. Sexo deve ser o unico assunto que 99,99% da população mundial gosta de falar. E esse 0,01% não é pros nerds virgens ou pras freiras no convento. São aquelas pessoas que ainda não sabem do que se trata (porque sinceramente, do jeito que essas crianças tão hoje em dia....).

E eu completamente consigo entender porque esse é o assunto mais pertinente da historia do mundo. Foi disso que voce provavelmente foi criado (tirando bebe de proveta, quem veio da cegonha e quem foi achado num pé de alface <-eu ) . Quando voce é pré-adolescente, é um assunto meio que secreto, quando você é adolescente é digno de 70% de todas as conversas e quando você é velho é a propaganda que mais chama a sua atenção.

E sabe qual é o melhor desse assunto? voce NÃO precisa fazer pra gostar de ouvir uma sacanagenzinha de vez em quando (como voce acha que eu e todos os outros nerds do planeta conversam sobre isso?) . E puta assunto que rende viu? Voce pode conversar de posição, tamanho, lugar, como será, como foi, aonde, porque, porque não e um milhão de outras possibilidades. Sexo é mais que vida, sexo é assunto que atinge todos os credos, cores e classes (porque acho que idade é apelar demais).

Fora que falar de sexo faz bem.

O que? negue que falar besteira com algum amigo no msn não te deixa feliz?(cada um escolhe o tipo de feliz pra essa sentença, se voce entende o que eu quero dizer. No meu caso é feliz de achar tudo engraçado mesmo). Fazer aquela mesa redonda falando sobre o desempenho de um tal alguem com suas melhores amigas (tudo chein de veneno) ou ligar pro programa de sexo na tv pra perguntar de sexo anal.

BRRRRRRRRRRRRRRRRINKSSSSS


Caramba, jura que eu escrevi um texto gigante sobre falar de sexo e ainda to com vontade de escrever pelo menos uns dois outros paragrafos? NUM DISSE que esse assunto rende? E olha que pra falar a verdade, eu nem to falando sobre sexo. To falando sobre o assunto, entende? é bem diferente se voce parar pra pensar. Enfim. Eu acho que vou fazer uma parte 2 outro dia, porque são 3 da matina e vai começar nip//tuck agora. A putaria e bisturis me chamam. MUACK!





Obsessão

Procurei no google algum significado que me agradace, mas nada que parecesse com o que eu to querendo falar. Procurei num dicionario (procurei bastante antes o dicionario, mas ok) e achei o seguinte significado pra tal vocábulo:

sf 1 Ipertinência excessiva, 2 Fig. Idéia Fixa, Mania



hm...


Todo mundo tem a sua obsessão, não? Não, melhor, todo mundo tem algumas suas obsessões, e isso é mais que fato. Aquela ideia que nao sai da cabeça, ou aquela coisa que voce nao para de pensar, que voce nao consegue fugir dela por mais que tente.

Minhas 'current obsessions':
-Sapatos
-Esmaltes
-Barbudos
-E pessoas

Pessoas. Negue voce que nao existe aquele alguem que nao sai de voce mesmo depois de muito banho e noites mal dormidas. Não falo de amor, não não...Isso é outra coisa. To falando aquela pessoa que te incomoda, que voce toda hora que ta no msn ve se ta on, mesmo se voce nao for falar com ela. Voce quer saber onde ela tá, com quem tá, porque, como...

Mas pera, agora que eu to pensando, obsessão não estaria morando ali na casa ao lado do amor? Aquela coisa que voce errando o endereço, voce bate na porta errada?

Não sei em que porta eu bati. Espero que eu tenha acertado.

sábado, 8 de maio de 2010

aquele esquema de melhor noite da sua vida


Eu sei que não é todo mundo que vai concordar comigo, mas pra mim, uma das grandes verdades da vida é: Quando voce tem uma vidinha pacata e tranquila que nem a minha, uma noite como a de ontem fica mais parecida com um orgasmo de mil horas do que a hora de dormir.

Receita para uma noite genial (Voce pode fazer isso em casa! rs) :
- Aniversario de quem voce adora
- Bebida de graça
- Musica boa
- Deslocamento de mil reais
- Seus melhores amigos
- E fechar a noite no melhor lugar com a melhor pessoa

E nossa, acho que voce sabe que uma noite foi boa quando voce acorda pra postar sobre ela mas não consegue nem sair da cama. Eu to quebrada, to rindo a toa, to me sentindo a pessoa mais sortuda do universo. Fora que eu to fedendo a cigarro tanto qe eu devo melhorar só com muito limão e uns tres dias de molho.


Queria poder escrever muito muito da noite de ontem, mas infelizmente ela inclui pessoas que estavam fazendo a coisa certa no lugar errado, então a gente guarda tudo no coraçãozinho e volta pra debaixo da coberta. SMACK




rs

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Hoje eu to na pilha de tomar champagne de canudinho. Vou botar a minha ali pra gelar.


A NOITE PROMETE

quinta-feira, 6 de maio de 2010


02 August 2009 @ 10:15 pm
Esperar por você é como ler um livro que voce já sabe o final.



desnecessário. Mas mesmo assim eu vou até a ultima folha, só pra ter certeza


Escrevi isso no meu LJ antigo. E é assim que voce percebe que as coisas sempre se repetem.




terça-feira, 4 de maio de 2010

Parabens pra meem


Ontem foi o meu aniversario. Não sei se a maioria das pessoas sabe, mas eu detesto aniversario.
O que diabos se comemora nessa data? o fato da gente ta ficando cada vez mais velho (e logicamente mais perto de ter algum problema de saude escroto que só surge com o passar dos anos) ou se eu to comemorando que eu sobrevivi ao ultimo ano como se ele tivesse sido TÃO bizarro que eu preciso comemorar por ter passado por ele.

E tambem tem aquele esquema de que esse é o dia que obrigatoriamente tem que ser diferente de todos os outros do ano. É aquele dia que os parentes mais tensos que voce tem, que voce só fala com eles nas festas de familia de final de ano (e que ainda acham que voce ta na oitava série) te ligam pra te desejar um feliz aniversario tão falso que voce preferiria que o Osama tivesse te ligado porque pelo menos ia ser mais empolgante. E ainda rola aquele esquema classico de 'JUIZO VIU?' e muito Deus na sua vida.


OK.


E ainda tem, principalmente no meu caso que fiz dezoito, a PRESSÃO de fazer aniversario. Por ALGUM motivo que eu realmente nao entendo eu sou obrigada a fazer certas coisas. Eu sou obrigada a enxer a cara, a ir pra balada pegar geral, a querer muito dirigir, ir pra boate de strip e fechar o corpo de tatuagem. Não to falando que isso tudo não seja massa, mas nao significa que eu tenho que fazer isso tudo ao mesmo tempo no mesmo dia. Não da pra pegar ninguem enquanto eu faço uma tatuagem radical no olho, certo? certo.

Mas tá, fora isso tudo, meu aniversario foi até bem bacana. Ganhei um bolo de aniversario de Heineken(é, isso ai em cima é um bolo), muita fake fur, maquiagem e comida. Sai com os meus melhores amigos pra muitas aventuras na night e me diverti pra cacete. Valeu galere pelos parabeins todos. Fiquei feliz de verdade e me senti mais especial e linda do que já sou S2


E AGORA EU TENHO 18 BWAHAHAHAHHA CUIDADO AE BRAZEEL, QUE QUANDO EU COMEÇAR A DIRIGIR, VOCES VÃO ACHAR GTA JOGO DE CRIANÇA. SMACK

segunda-feira, 26 de abril de 2010

N design

Pra rolar uma divulgaçãozeenha basica. N design 2010 :D




Faltam 76 dias gentem!
http://ndesign.org.br/

domingo, 25 de abril de 2010

Queria não mudar tanto. O Raul falava que preferia ser essa metarmofose ambulante, mas eu não. Eu detesto ter uma cabeça tão a mil, tão diferente e tão inconstante assim.

Detesto ter medo de acordar amanha e não te amar mais.

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Rhyqueza





HOJE ESBANJEI NO MELHOR ESTILO TONY MONTANA DE SER MESMO, ISSAE. GASTO DINHEIRO NAS BELEZA MESMO, PORQUE SÓ ASSIM PRA ARRUMAR O ESTRAGO QUE JESUS FEZ NÉ.

Ah, e a camista bapho do Star Wars saiu pela bagatela de TREISH REAIS. Fora que eu to com o estoque de balinha de canela compreto como antis



Syndrome.

quinta-feira, 22 de abril de 2010





Slow- She's burnin' in your soul
With whispers in your ear
It's okay I'll give it anyway
Just get me out of here
You'll plead- you'll get down on your knees
For just another taste
And when you think she's let you in
That's when she fades away

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Eu escrevi um post enorme aqui, mas ele me soou extremamente preconceituoso e elitista então resolvi deixar queto. Feliz aniversario pra minha Brasilia amada. E fiquem agora com o Hit Marista 2009 QUE EU VI AO VIVO A MEIA HORA ATRAS OK:






E chamem a Neosa pra mim agora okbjks

terça-feira, 20 de abril de 2010

Hoje eu percebi

É engraçado como as coisas são. Hoje eu to aqui bem entediada, é vespera de feriado e eu não tava com vontade de sair. Tava com vontade de fazer alguma coisa util, escrever, desenhar ou brincar de combinar roupas.

Desliguei o telefone a pouco, conversa essa que eu parei rpa refletir que eu ando cansada desse agua-com-açucar que a minha vida anda. Preciso de sal, e algum tempero qualquer que deixe tudo melhor (eu não sei cozinhar, então qualquer referencia que eu fizesse soaria estranha). Porque não escrever? faz tantos anos que eu não paro pra digitar um texto grande (ou qualquer coisa que ultrapasse 140 caracteres) que eu acho que até esqueci como se faz.

Não tenho um motivo especial pra escrever, só quem sabe vomitar as palavras que entalam na garganta.


s,