terça-feira, 18 de maio de 2010

Aquele esquema de primeiras impressões

Quando voce nasce diferente, certas coisas são diferentes (oi, durt). Eu sei que é idiota começar um texto com um pleonasmo retardado desses, mas é uma verdade muito classica. Eu nasci diferente, não apenas por ser caçula gemea de pais muito velhos e com irmaos que podiam ser seus pais. Não é isso. Eu nasci diferente porque de alguma forma eu tenho uma forma peculiar de ser e existir no mundo, aquele lance de alternatividade.

Pois bem, quando voce nasce assim, diferente (porque isso pra mim é algo que transcede criação. Eu tenho um irmão gemeo playboy que escuta sertanejo e eu sou exatamente o oposto.)voce acaba se livrando de certos preconceitos. Mas hoje eu quero escrever sobre um só, o preconceito de primeira impressão.

Tenho muita raiva daquele ditado 'primeira impressão é a que fica'. Acho esse ditado coisa de gente preguiçosa que não ta afim de se abrir a novas ideias. Não to falando que não tenho primeiras impressões das coisas, mas sou entusiasta de abrir a mente. E lately tem acontecido cousas muito peculiares relacionadas a isso.

Uma dessas coisas foi a miha viagem pra chapada. TODOS, DIGO TOOODOS sabem que eu esperava que essa viagem ia ser um coo muito tenso. E por mais improvavel que isso pareça, essa foi uma das viagens mais bacanas que eu fiz. SIM, EU, GAROTEENHA DA CIDADE ME DIVERTINDO HORRORES NO MEIO DO MATO. Abri a mente e segui o 'ta na chuva é pra se molhar' e entrei de cabeça na tempestade. Mal posso esperar por outra dessas, sinceramente.

Outro causo rolou comigo hoje.

Quando eu entrei na UnB, eu conheci alguem que na minha cabeça era a pessoa mais antipatica do mundo. Tava sempre fechada, fazendo a egipcia, sem querer se enturmar com ninguem. Só que hoje pareci que o mundo tinha entrado em colapso. Hoje eu descobri um sorriso sincero escondido debaixo das minhas idéias. O sorriso dela, que me prendeu, me encarou e me fez querer sorrir de volta, de querer estar por perto.

E putz, que sorriso.

2 comentários:

  1. Porra porra porrraaa, curti vei <3 ta certissima, concordo totalz contigo. Eu tenho muito disso de primeira impressao e me surpreendo pra caralho. Voce por exemplo, eu achava que era um amor e descobri que é uma puta. BRIMKS BRIMKS eu te amo <3. mas é, seilá, tem um monte de gente na minha sala por exemplo que eu achava tosca e ridicula mas que nem é de proposito porque quer ser chata, as vezes nao sabe mesmo e tal, outro dia compartilhei conhecimentos com uma delas e ela ficou super UAU! me senti fazendo uma coisa boa e eu percebi que ela nao é tao retardada assim. Enfim, essas coisas fazem bem. Tambem quero uma viagem legal :/ to torcendo muito pra ir pra angra em julho

    ResponderExcluir
  2. Não é que tem coisas interessantes aqui?

    Sei lá, é meio engraçado entrar aqui e pensar "é eu acho que conheço a Tchu" apesar de morar longe e ter passado poucos dias do seu lado xD

    ResponderExcluir